Arquivo de Tag | Kensington Market

Viagem ao Canadá – Toronto

Meu primeiro post é dedicado a Toronto, primeira cidade que conheci no Canadá. Muita gente pensa que, por ser a maior cidade do país e a mais badalada, é sua capital. Mas na verdade a capital é Ottawa. Toronto tem em torno de 3 milhões de habitantes, todos muito bem “espalhados”, hehehe, como todas as grandes cidades canadenses. Espaço lá é que o não falta!!

Chegando em Toronto (o centro da cidade está debaixo da ponta da asa)

Quando chegamos em Toronto, fomos direto para nosso apartamento (alugado através do Airbnb), relativamente bem localizado, pois dava pra ir andando até o centro, mas era uma boa caminhada, uns 20 min. Nosso apartamento era bem legal, quarto, sala e cozinha conjugados, mais um banheiro e varanda. Engraçado que nossa anfitriã chamava-se “Azin” hahahaha, certamente de origem árabe, como eu. Nos deu todas as dicas e um mapa e lá fomos nós rodar o centro da cidade. A pé, claro!

Apto que alugamos em Toronto, cozinha em frente à cama

Seguimos beirando o Lago Ontario, pela ciclovia, que aliás é ótima, e passando pelo porto. Vimos a famosa CN Tower, mas não tivemos vontade de subir, apesar de ser a maior atração turística da cidade. Estávamos mais afim de andar pelo centro, ver o movimento, sentir o “clima”.

Lago Ontario e CN Tower

Passamos pela prefeitura (a moderna e a antiga), depois shopping. Precisei comprar um novo celular, já que o meu havia sido roubado num ônibus aqui no Rio 😡 . Depois andamos boa parte da Yonge St, rua basicamente de comércio.

Em frente à moderna prefeitura de Toronto

Na hora que bateu a fome, estávamos passando pela Dundas St. Então bati o olho num pub tipicamente inglês e simpatizei na hora. Foi uma boa escolha! Chamava-se The Queen and Beaver Public House. Uma casa com ambiente bonito e agradável, com janelinhas dando para a rua. Sentamos numa mesinha na janela e fomos servidos por um garçom adivinhem de onde!!!! Fortaleza, hahaha.

The Queen and Beaver Public House, nosso restaurante em Toronto

Comi uma torta de pato, previamente marinado em cidra (“cider corned duck & potato pie”), bem saborosa, acompanhada de uma salada de folhas fresquinhas. Claudio escolheu um burger qualquer, aliás, foi só o primeiro de uma série, rsrsrs. A cerveja local estava deliciosa.

Então seguimos para o Kensignton Market, que foi o lugar de que mais gostei em Toronto. Uma rua em estilo bem antigo, com casas de madeira, todas transformadas em locais alternativos para venda de artesanatos, roupas, temperos ou transformados em bares e restaurantes, também super transadinhos!

Kensington Market

Ao passarmos por uma lanchonete que servia waffles, não resisti!! Pedi um waffle com banana e nutella, cobertura de chantily e calda de chocolate. Meu Deus… tava maravilhoso! Não comi mais nenhum waffle tão bom como este até o fim da viagem…

Depois da sobremesa, fomos conhecer a Casa Loma. Optamos por ir de metrô, pois fica meio distante do centro. Trata-se de um “castelo-museu”. Na verdade, é uma ex-residência de um ricaço (Henry Mill Pellatt), construído entre 1911 e 1914. Era a maior residência da América do Norte naquela época (segundo o Wikipédia). Fica no alto de uma colina, de forma que subindo até uma das torres do castelo dá pra ter uma boa vista da cidade. Os jardins também são bonitos e os ambientes luxuosos.

Casa Loma

Vista de Toronto a partir da Casa Loma

Voltamos pra casa cansados de tanto andar, e ao passarmos por um mercado para nossa tradicional compra de pão, queijos e vinhos, eis que sou surpreendida de forma negativíssima! Até hoje não me conformo com esta primeira noite no Canadá… Não se vendem bebidas alcoólicas nos mercados, e como era feriado, não havia nenhuma loja de vinhos aberta por perto. Daí imaginem… tive que ir pra casa sem uma garrafa de vinho, que tristeza… Mas eu nunca mais iria deixar isso acontecer outra vez!!