Jantar tailandês

capa de nosso cardápio

Pausa novamenteee!! Gente, preciso contar pra vocês o incrível jantar tailandês que euzinha, modéstia à parte, consegui realizar em casa de minha irmã em Brasília, após alguns breves treininhos que fiz em casa e que vocês tiveram conhecimento (vide receita do Peito de Pato ao Curry Vermelho e o Camarão ao Curry Amarelo, postados aqui anteriormente).

Só que no sábado passado, a noite tailandesa que rolou por ocasião do aniversário de minha irmã (a mesma que me acompanhou em viagem para a Ásia), foi bem mais caprichada e variada, afinal, foram 7 preparos diferentes que fiz: 5 entradas, um prato principal e uma sobremesa. Todos inspirados na culinária da Tailândia. Éramos 8 à mesa: eu, Lego (minha irmã) e 6 convidados dela, escolhidos cuidadosamente (infelizmente, este ano meu maridão não pôde ir à Brasília comigo…). Desde 2011 preparamos esses jantares. O primeiro não foi tão planejado, não teve tema. Ano seguinte, idem. A partir do terceiro ano, criamos os jantares temáticos e agora sim, virou uma tradição:

Neste post, vou relatar o banquete completo e depois publicarei algumas das receitas. Prometo! 😉

Antes de falar das comidinhas, queria que vocês tivessem uma ideia do quanto minha irmã é talentosa na hora de ambientar a casa e arrumar a mesa (a toalha é autêntica, comprada no Night Bazaar em Chiang Mai)… cada detalhe é pensado (as lanternas coloridas foram compradas no Vietnã!)…

Mesa, luminárias vietnamitas e hall de entrada com cardápio do jantar

Mesa, luminárias vietnamitas e hall de entrada com cardápio do jantar

Assim que chegaram nossos pontuais convidados, fizemos um brinde com um espumante Chandon rosé “premiado” com uma lichia importada diretamente da Tailândia, rsrs.

Espumante rosé com lichia tailandesa

Espumante com lichia tailandesa

Então eu servi a primeira entrada: um creme de abóbora tailandês, receita facinha de preparar e que fascinou a todos. A cor era linda e o sabor surpreendente.

Creme de abóbora tailandês

Creme de abóbora tailandês

A segunda entradinha, foi um “summer roll” (veja receita aqui), rolinhos de folha de arroz, com recheio de camarão, folhas frescas, noodles (macarrão de arroz), cenoura, manga verde e amendoim. Acompanhou um molhinho típico que aprendi numa aula no Vietnã, mas isso será matéria para outro post…

Summer rolls tailandeses

Summer rolls tailandeses

Terceira entrada, servi o “spring roll” à moda tailandesa. É um rolinho como aquele chinês, nosso velho conhecido, mas o recheio é diferente, com shitake, carne de porco, repolho, cebola roxa e temperos.

spring rolls tailandeses

Então chegou o momento de entrarmos com uma bebida mais “quente” e trouxemos o drink “passion in love” que tomamos em Hoi An, no Vietnã, feito com rum, maracujá, melancia e limão. Todos adoraram!

Drink que tomamos no Vietnã: "Passion in love"

Drink que tomamos no Vietnã: “Passion in love”

Quarta entrada: espetinhos de porco servido com molho satay (molho de origem indonésia (ou indonesiana??!!)), mas muito apreciado e consumido na Tailândia. Feito à base de amendoim. Os espetinhos são temperados com leite de coco, açafrão, pimenta do reino branca, capim-limão, sementes de coentro e cominho. Um prato exótico!

Espetinhos de porco com molho Satay

Espetinhos de porco com molho Satay

Quinta entrada. Esta foi servida já na mesa, com um vinho branco bem fresco: o famoso e emblemático Pad Thai, com camarões grelhados, tofu, ovos, broto de feijão, molho shoyu, molho de ostra e mais alguns temperinhos. Tem como ficar ruim?!! haha. Esta receita prometo postar!

Pad Thai, um dos pratos mais tradicionais da Tailândia

Pad Thai, um dos pratos mais tradicionais da Tailândia

Então chegou a hora da estrela da noite: peito de pato grelhado com curry vermelho, que já publiquei receita aqui. A diferença é que nesta noite usei o leite de coco importado da Tailândia e acreditem, fez toooda diferença!!! Nossa, o leite é magnífico! Mais cremoso e mais saboroso que o melhor dos nacionais. O curry utilizado também foi trazido da Tailândia, mais especificamente de Chiang Mai. Nós o saboreamos com um vinho francês rosé gelado, achei mais conveniente, tendo em vista ser um prato bem apimentado.

Peito de pato ao molho de curry vermelho, a estrela da noite

Peito de pato ao molho de curry vermelho, a estrela da noite

Por último, mas não menos importante, nossa sobremesa: bananas caramelizadas com cobertura de leite de coco. Comemos diversos tipos de sobremesas feitas com banana em nossa viagem, pois é fruta abundante por lá e muito consumida. Preparam-nas de todo jeito: fritas, assadas, empanadas, cozidas. Fiz esta cozida em uma calda com açúcar, açúcar mascavo, água, capim-limão, suco de limão. Receita ainda vou postar, aguardem! Enquanto isto, só babem, hehehe. Um vinho “late harvest” francês combinou perfeitamente.

Bananas caramelizadas com calda de leite de coco

Bananas caramelizadas com calda de leite de coco

Fechamos com café e chocolate, este último também comprado na Tailândia. Uma delicadeza só. Ah, e detalhe: a música ambiente era de um cd comprado no Camboja, gravado por uma banda que vimos tocando num dos templos que visitamos. Clima completo. O grupo estava super entrosado.

jantar tailandes

O grupo completo e chocolates tailandeses

Abaixo, seleção de espumantes e vinhos que tomamos (a foto foi no dia seguinte, rsrsrs). Foram duas garrafas de espumante, duas de vinho branco, duas de vinho rosé e duas de vinhos de sobremesa.

Vinhos que acompanharam o jantar

Vinhos que acompanharam o jantar

Posso dizer que os convidados tiveram uma boa noção, muuuito próxima do que é a cozinha tailandesa e de tudo que experimentei por lá.

Fiz ótimos amigos nesta noite e me senti super feliz por todos terem curtido e principalmente, terem conhecido um pouco desta cultura fascinante.

E ano que vem já está decidido: a noite será portuguesa!! já dá pra imaginar né…

E quem quiser dar uma olhada nos meus posts sobre a Tailândia, pode ficar à vontade:

Anúncios

9 pensamentos sobre “Jantar tailandês

    • Oi Bruno!! Sim, foi mesmo sensacional o jantar!
      O drink posso fazer pra vcs qualquer dia quando forem lá em casa!! Vamos marcar durante as olimpíadas, estou agora com tv na sala, hehehe. A gente escolhe um jogo do Brasil para um comes e bebes. Quem sabe repito um dos belisquetes tailandeses 😉
      Beijos!!

  1. Jantar incrível, Lu!

    E olha que (depois do jantar mexicano) imaginei que vocês não conseguiriam se superar… ledo engano 🙂

    Fantástico, parabéns!

    Bjão!

  2. Pingback: Spring rolls | Na mesa com Lu Hazin

  3. Pingback: Phi Phi Islands – Parte 2 | Na mesa com Lu Hazin

  4. Pingback: Aula de culinária vietnamita em Hoi An | Na mesa com Lu Hazin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s