Guacamole

Conforme prometido, vou postar algumas das receitas do jantar mexicano que preparei há duas semanas atrás na casa de minha irmã, em Brasília. Começarei com um dos acepipes que servi para receber os convidados: o guacamole. Ele é o mais tradicional, e está presente na maioria dos pratos mexicanos. Muitas vezes ele é servido como acompanhamento de carnes e frangos.

Você pode servi-lo com “nachos”, como eu fiz. São biscoitos finos salgados do tipo “doritos”.  Eu mesma os preparei, mas se você estiver sem tempo, ou com preguiça, também estão à venda em supermercados. Só acho que os que são vendidos prontos são salgados demais…

Avocado e coentro, dois dos ingredientes do guacamole.

Então vamos lá. Após pesquisar em alguns sites de gastronomia, escolhi uma que me pareceu mais típica:

Guacamole

Ingredientes:

  • 2 avocados (abacate menor e com casca mais escura, utilizado pelos mexicanos. Se vc não encontrar, compre um do comum, de tamanho médio)
  • 1 cebola finamente picada (melhor ainda se for da roxa)
  • 2 tomates médios picados (retire as sementes antes)
  • 2 colheres sopa de coentro bem picado (quem não curte, pode substituir pela salsa)
  • suco de 1 limão
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes, bem picadinha
  • 2 colheres sopa de azeite extravirgem
  • sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

Retire toda a polpa dos avocados e pique de forma que fiquem pedaços bem pequenos, ou então amasse com um garfo (os mexicanos fazem muito isto, amassam os avocados com um garfo ou num pilão). Junte todos os outros ingredientes, acerte o sal e sirva com os nachos.

Nachos com guacamole

Nachos com guacamole

Para os nachos, segui receita do blog Cozinhando para 2 ou 1, mas substituí a páprica defumada, que eu não sabia onde encontrar, pela páprica picante. Veja a receita abaixo:

Nachos

Ingredientes:

  • 1/4 xícara de farinha de milho fina (fubá)
  • 1/4 xícara de farinha de trigo
  • Água morna até dar o ponto (menos de 1/4 de xícara)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sopa de páprica picante
  • Pimenta do reino a vontade

Modo de preparo:

Numa pequena tigela coloque as duas farinhas, sal, páprica e a pimenta. Acrescente a água morna aos pouquinhos até dar o ponto da massa. Ela fica compacta, sem grudar nas mãos. Deixe descansar uns 15 minutinhos. Abri a massa usando uma máquina dessas de macarrão, o que deixou meus nachos bem finos e crocantes. Você pode também utilizar um rolo comum, mas quando for abrir, coloque plástico embaixo e em cima da massa, para que não grude na mesa, nem no rolo. E abra o mais fino possível. Corte em triângulos e frite aos poucos, em óleo quente. Escorra, deixe esfriar e guarde em pote fechado até a hora de servir.

Os dois vão formar uma deliciosa dupla. Mas ficarão ainda mais saborosos se você servir uma margarita para acompanhar (drinque típico mexicano feito à base de Tequila).

Margarita de limão

Margarita de limão

Margarita

  • 3 doses de tequila (use medidor)
  • 1 e 1/2 dose de licor de laranja, tipo Cointreau
  • suco de 1 limão grande
  • gelo
  • açúcar (opcional)

Observação: As proporções dos ingredientes são muito variáveis, vai depender do gosto pessoal de cada um. Esta foi a que achei mais equilibrada.

Modo de preparo:

Passe (de leve!) uma fatia de limão na borda da taça, para umedecê-la, e depois encoste a borda num recipiente com sal (pode ser num prato), batendo para retirar o excesso.

Numa coqueteleira, coloque gelo, a tequila, o licor, o suco do limão, o açúcar (se quiser mais docinho) e agite bastante, para que fique bem gelado. Derrame apenas o líquido na taça (já com sal na borda). Sirva imediatamente!

Sua festa mexicana já pode começar!!!!

 

 

Anúncios

10 pensamentos sobre “Guacamole

    • Oi Lu!! Obrigada pela visita e … aproveitando que vc está por aqui, diz pra gente onde vc encontra a páprica defumada!! Pra falar a verdade, eu nem sabia que existia… rsrsrs. Bjs e volte sempre!!

      • Lu, compro a páprica defumada em lojas que vendem páprica doce e picante, tanto de marcas nacionais como de importadas… aliás, já comprei inclusive na feira! Nunca tive dificuldade de encontrar (conheço a da Bombay, da Nomu, da Vega, da El Avion…).

      • Vou então prestar mais atenção nas prateleiras do supermercado, rsrsrs. E vou na feira amanhã, aproveito e procuro! Eu gosto muito de páprica. Tem um frango (daqueles de 10 dias) que faço de forno, com páprica e mostarda, já experimentou? Uma delícia. Com a defumada acho que ficará ainda melhor. Obrigada!!! Bjs

    • Oi Luiz Fernando! Dependendo do tamanho do triângulo e da espessura da massa, vai variar bastante, mas digamos que se estiver bem fininha, e vc cortar em triângulos de uns 5 cm de lado, deve dar umas 15 a 20 tortillas….
      Abs!!

  1. Pingback: Na Cidade do México – Parte 1 | Na mesa com Lu Hazin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s