Adega Pérola em Copacabana

Azeitonas espanholas com chopp escuro

Azeitonas espanholas com chopp escuro

Recentemente foi publicada uma resenha no jornal sobre este antigo e tradicional botequim de Copacabana (desde 1957) e ficamos curiosos, eu, meu marido e um casal de amigos. Sábado passado, aproveitando que eu só iria para a cozinha no domingo, chamei a todos para conhecermos o tal bar. Li que seus antigos donos (portugueses) todos já morreram e que hoje é levado por 3 de seus antigos clientes que o compraram e mantiveram os petiscos e a decoração antiga, numa demonstração de compromisso com o tradicionalismo do lugar.

Fomos lá pro fundo do bar, porque era o único lugar que tinha um ar condicionado, que mal dava conta do calorão infernal. Pedi logo um chopp escuro Brahma, que há tempos não tomava. E enquanto esperávamos o outro casal, pedimos uma porção de azeitonas espanholas. Muito boas, grandes e macias. A especialidade da casa, aliás, são tapas. Há mais de 100 opções, é de enlouquecer. Fiquei ansiosa pra voltar lá, antes mesmo de ir embora, só para poder experimentar, se não todas, pelo menos uma boa parte delas.

Logo que você entra no botequim, vai se deparar com um grande balcão, lotado de bandejas cheias de petiscos diferentes. Parece que um dos carros-chefe da casa é a sardinha portuguesa. Terminei por não pedir, mas será justamente o motivo para que eu volte. E logo.

Segunda tapa que pedimos foi a morcela, um embutido feito com sangue de porco. Estava deliciosa! Só de lembrar já fiquei com água na boca. E as batatinhas calabresas que a acompanhavam também estavam muito boas, bem temperadas.

Morcela com batatas calabresas

Morcela com batatas calabresas

Neste momento chegou o outro casal e pedimos ao mesmo tempo um polvo ao vinagrete e a tradicional “salada pérola do mar”, que também é um vinagrete, mas com diversos frutos do mar, como camarão, mexilhão, polvo e vieira. Ambos estavam ótimos.

Salada Pérola do Mar: camarões, vieiras, polvo e mexilhões

Salada Pérola do Mar: camarões, vieiras, polvo e mexilhões

Por último, pedimos uma carne de sol com aipim frito (macaxeira, na minha terra), que estava bem saborosa. Um pouco salgada, talvez, porém macia. Infelizmente, vou ficar devendo esta foto…

Aliás, ficarei devendo também fotos da frente e do interior do bar, do balcão de tapas, do simpático garçom e das mesas, com cadeiras presas no chão. Mas prometo que não vou demorar muito e volto, quando vocês menos esperarem, com muito mais fotos do Pérola!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Adega Pérola em Copacabana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s