Bruxelas

Bruxelas é uma grande cidade. Tem mais de um milhão de habitantes. Foi a primeira vez, nesta viagem, que ouvi a buzina de um carro, hehehehe. Mas isto não significa que ela seja caótica, muito pelo contrário, aqui os motoristas são super educados, param para os pedestres passarem. Não existem tantas pessoas de bicicleta como temos visto nas outras cidades que passamos, mas há uma boa rede de transportes públicos. E pasmem, é a cidade com a maior quantidade per capita de restaurantes!!! Tem mais de 2 mil restaurantes aqui. E a grande maioria é de boa qualidade (não vi nenhum  “pé-sujo”, rsrsrs).

No primeiro dia, fui na Brasserie de L’Ommegang (9, Grand’Place), na Praça Principal da cidade, que aliás, é considerada uma das mais bonitas da Europa. E é mesmo. Belíssima. O restaurante ficava num prédio antigo, que também abrigava um outro restaurante no primeiro andar, frequentado por Karl Marx. Resolvi experimentar uma das especialidades belgas, que é a carne de caça, e mais especificamente, a de veado. Pedi uma costela, com molho de mostarda e batatas gratinadas. Claudinho foi no bacalhau, que estava muito bom, leve, praticamente sem sal. Tomamos um vinho francês, uva gamay, típica da região vinícola de Beaujolais, na França. Foi tudo tão perfeito… saímos tão felizes de lá!

Costela de veado com molho de mostarda e legumes cozidos

Bacalhau grelhado com batatas cozidas

No segundo dia, mantendo a idéia de conhecer melhor a cozinha belga, que me encantou especialmente, resolvi experimentar os famosos croquetes de camarão (crevettes grises). Uma delícia, principalmente acompanhado de uma boa cerveja belga. Meu marido escolheu outra especialidade: steak tartare (filet americain). Saborosíssimo, acompanhado de batatas fritas, salada e um molho delicioso.

Croquetes de camarão (crevettes grises)

Steak Tartare (filet americain)

 

 

E de sobremesa, não poderia ser diferente. Bem belga!!!! Um waffle (gaufres), com nutela. Há diversas opções de cobertura para os waffles. Pode ser chantilly, sorvete, morangos, chocolate, banana, enfim….  todas muito atraentes. A propósito, passamos por algumas docerias famosas e fiquei impressionada com a delicadeza dos doces, das tortas, finamente decoradas. Verdadeiras obras de arte. Nunca vi nada desta qualidade no Brasil.

O delicioso waffle belga, com cobertura de nutela

Um close no waffle…

 

E viva a Bélgica!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s