Aula Cozinha Árabe 2 – 15/09/11

Ontem eu fui entusiasmadíssima pra aula. É que eu sabia que iríamos fazer Chich-Barak, ou como se diz na minha família: Orelha de Gato. Não sei quem inventou este apelido, mas desde que me entendo de gente já era assim. É uma espécie de sopa que leva umas massinhas que fazemos à mão, parecidas com capeletti…, e com orelhas de gato, rsrsrs. Mas o prato que aprendi com minha mãe, que aprendeu com minha vó, é feito tendo como base uma sopa de ossos de costela de boi, onde são acrescentadas as “orelhinhas” e um molho feito com tahine (pasta de gergelim), alho, limão, sal e pimenta. A receita que aprendi ontem com o Chef Alexandre Selem, tipicamente libanesa (minha avó era da Palestina), é feita com coalhada. Ou seja, as orelhinhas são cozidas na coalhada, temperada com alho frito na manteiga e hortelã. Muito boa também!!! Só que para minha surpresa, não tivemos que fazer as massinhas recheadas, pois utilizamos aqueles capelettis que vendem prontos no supermercado. Nem se compara com o verdadeiro, mas para as mulheres que não têm muito tempo em casa, é uma receita rápida e muitíssimo saborosa. Principalmente para dias de inverno. Agora, a coalhada, sugiro fazê-la em casa, até porque não dá quase nenhum trabalho, mas deve ser preparada no dia anterior. Vamos lá, vou passar a receita da coalhada, que inclusive vc pode comer de manhã, com cereais matinais. É uma delícia. E também a receita do Chich-Barak.

Chich-Barak, ou Orelha de Gato à moda libanesa

Lában – Coalhada

Ingredientes:
1 litro de leite integral
1 copo de iogurte natural (usei o Nestlé, mas pode ser outro)
2 colheres de sopa de leite em pó
Modo de preparo:
Ferva o leite e deixe esfriar até ficar entre 40 e 45 graus (encoste as costas do dedo no leite e conte até dez, se aguentar é porque está no ponto). Adicione o iogurte e o leite em pó. Coloque numa tigela (vidro ou louça), cubra com plástico filme e deixe em temperatura ambiente por 12 horas. Depois está pronta para usar. Guarde na geladeira.

Chich-Barak (Orelha de Gato) facilitada (com capelettis prontos)
Ingredientes:
1 litro de coalhada fresca
1 ovo
1 colher de chá de maisena
1 dente de alho grande
1 colher de chá de sal (ou a gosto)
20 gr de manteiga
4 colheres de sopa de hortelã fresca picada
1 caixa de capeletti
Modo de preparo:
Bater no liquidificador a coalhada, o ovo e a maisena. Levar ao fogo até levantar fervura, mexendo sempre. Colocar os capelettis para cozinhar na coalhada e quando estiver quase pronta acrescentar o tempero. Para o tempero: derreter a manteiga, refogar o alho com sal até dourar e por último acrescentar a hortelã picada. Está pronto para ser servido.

De vez em quando (pelo menos uma vez por ano!), preparo o verdadeiro Chich-Barak na minha casa. Da próxima vez que isto acontecer, colocarei aqui no blog a receita da minha vó e as técnicas para se preparar as massinhas. Elas devem ser recheadas com carne moída (boi ou carneiro).

Fizemos cinco saladas para servir antes do chich-barak, que foram: Coalhada fresca com pepino, Tabule, Fatuchi, Salada Benon (deliciosa!) e Salada de uvas com pepino (original). Vejam as fotos logo abaixo. É de dar água na boca. A salada Benon eu não conhecia e em breve também postarei aqui a receita. Para o verão é deliciosa, além de saudável. E também leva um molho feito com colhada.

Da esquerda para direita em sentido horário: Tabule, Coalhada fresca com pepino e Fatuchi

Salada Benon (Benon é um cozinheiro de SP, amigo do Alex Selem). Leva trigo grosso, damascos, nozes, passas...

Salada de uvas com pepino (tipo japonês). Tempere com salsinha, hortelã, alho, limão, azeite e sal.

Neste final de semana vou viajar para Araras, região serrana do Rio. Preciso descansar um pouco… não é mole cozinhar 3 ou 4 vezes por semana, desde o início do ano, além de ter que trabalhar, cuidar de uma casa… ufa!!! Mal tenho tempo de cuidar de mim mesma! Um bom final de semana a todos.
Anúncios

4 pensamentos sobre “Aula Cozinha Árabe 2 – 15/09/11

  1. Pessoal, essa coalhada é imperdível!!! Sugiro que façam tanto para acompanhar as “orelhas de gato” quanto para simplesmente tomar com cereais.
    Lú, essas belíssimas fotos motivaram-me a cozinhar só pra comer todos esses pratos… mhã mhã!!!

    • Legal, Robinho!! Bom saber que estou motivando alguém a ir pra cozinha, hehehehe. Mas vc só precisa mesmo de um leve empurrãozinho, pois eu sei que vc gosta de se aventurar na cozinha de vez em quando!! Depois vou detalhar aqui aquela receita da Salada Benon, que vc tanto gostou. Apareça sempre, bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s